18 de nov de 2009

Mulher de malandro

Cafajeste é foda, né?! ô meu Deus!
Existem mulheres que são só um pouco “cafas“, mas tem umas que são até demais e extrapolam. Mas porque será que é dessas que gostamos mais?
Estou começando a achar que todo mundo gosta de ser mulher de malandro. Podemos saber que ela tem outra, ou outras. Sabemos, inclusive, que as outras também sabem da gente. Claro que ela não precisa fazer nada na nossa frente, mas, mesmo quando faz, ainda sim queremos.
Aquela cafajeste tem uma namorada que é amante, é amante de outra e ainda canta músicas pra você como se estivesse apaixonada? E pior, você ainda fica comovida com o olhar expressivo dela pra cima de você?
Então, querida, seu problema é grave. Vai chegar o momento em que você vai se ver trocando de quarto a noite, de mochila nas costas, depois que uma delas foi embora. E talvez, ainda se contente em dar um beijo escondido. A única coisa que você não pode ceder, aprenda, é no sexo.
Toda cafajeste gosta de sexo, e se você nega, ela vai ficar puta, ou mais puta ainda.
Talvez isso ajude a melhorar, pelo menos um pouco, as coisas pro seu lado.
A verdade, é que elas não se contentam só com sua mente, elas querem também o seu corpo. E isso se torna uma batalha.
Temos, então, que aprender a não nos apegarmos emocionalmente. Cafajestes não são pessoas a quem devemos nos dedicar. Elas gostam de serem rejeitadas, desafiadas. E quem sabe só assim, consigamos elas só pra gente.