8 de dez de 2010

Blá blá blá

Cafajestes adoram bundas, seios, coxas, olhos, braços, pele, costas nuas e pés delicados! É fato! E qualquer papo tem duplo sentido, sexto sentido... mesmo inconsciente! Pra cafajestes, isso é natural, expontâneo, autêntico! Não venham me censurar pelo machismo ou pelo descaramento de dizer isso logo nas primeiras linhas. Ou façam isso, me critiquem! MAS primeiro me apresentem alguém que tenha fetiche com joanete, cotovelo ressecado, cabelo ensebado, cicatrizes e pêlos no nariz! (PAUSA) Como não tive retaliações até agora, sigo o texto.
Atingi certo grau de emburrecimento emocional que também me exige verificar pontos como: personalidade forte, bom humor e objetivo de vida! Digo emburecimento porque é um atraso de vida para qualquer cafajeste! Olhar, chegar, dizer a frase certa e levar é o passo-a-passo clássico e certeiro! Afinal, toda mulher quer se apaixonar - mesmo que por uma noite! Daí a gente se ferra! Se ferra de novo! De novo! E acredita que têm que se diferenciar dos outros produtos de 1,99 a solta pelas vitrines da noite. Daí você conhece alguém agradável e vai conversar. Renega todo o repertório cafa que sempre lhe rendeu bons frutos! Fica a noite toda num check list atratividade - personalidade - humor. E daí é tarde, a carona chega e leva sua eleita embora. "Mas vai embora sem me dar um beijo?" Ela ri. Aparece aquele rubor nas bochechas. Sim, ela queria ser sua... se você não tivesse esperado A NOITE TODA para tê-la pra você.
Meu conselho: para ser marcante, o impacto da sinceridade é indispensável! Diga SEMPRE o que se quer dizer! Educadamente, firme e olhos nos olhos! Diga nem que seja com gesto simples! Aliás, esses são os melhores! Use eufemismos! Use a sua própria vontade de se apaixonar - mesmo que por uma noite!

2 comentários:

Sdref disse...

um dia ainda tenho coragem de sair do platonismo e dizer as coisas assim..
por enquanto eu vou é desistindo mesmo. rss!

Bárbara disse...

Adorei o texto... *-*
Parabéns!

bJUCOMGLOSS =*